Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Gato Pardo

Para quem conhece, vocês estão mais que vacinados. Vocês não conhecem isto? São maiores de idade? Trazem o vosso cartão de cidadão, boletim de vacinas e resgisto criminal? Não? Fantástico!!!

Mamocas...Mamocas...

06.01.11publicado por Gato Pardo

 

Tenho andado os últimos dias a pensar no tópico mais adequado para iniciar o ano de 2011 em grande no que à escrita diz respeito...

Depois cheguei à conclusão que tudo o que abordo vai contra a legislação portuguesa, o tratado de Tordesilhas, a ementa da Portugália e o catálogo Outono/Inverno da Zara...FIXE!

Hoje vou falar de mamas...Sim, leram bem...Um dia irei abordar as mamãs, mas hoje é mamas mesmo...

O povo português idolatra mamas...Mas não somos só nós...Os franceses conseguem ser piores...Esses já desde o tempo dos dinossauros (Sim, a Grafstein é um bom exemplo...O sacana do meteorito falhou-a por pouco...) que andam obcecados, senão vejamos...Nos anos 60, o busto da Brigitte Bardot era o céu na terra (principalmente, porque o tamanho daquilo saciava Paris e arredores de uma só vez)...Nos anos 90, as meninas da Sophie Marceau era o que estava na moda...Toda a gente queria um par de tangerinas coladas ao peito...Depois, utilizaram os marmelos redondinhos da Letícia Casta para molde do busto da República...Ou seja, vou-me comprar uma mansarda e vou viver para Paris...Definitivamente, estou no país errado, ou vocês julgam que a nossa comunidade portuguesa em França está lá porque gosta de fazer baguetes para o Sarkozy? No máximo dos máximos, é para ver se um dia têm a sorte de ver as mamocas da Bruni...

Voltando ao universo tuga...

Primeiro há que dizer que para a nossa república para 100 anos tem uns seios fartos e bem firmes, ao contrário da nossa economia que transpira flacidez e vai a caminho de um caso severo de impotência com a mais que provável entrada do FMI por aqui dentro...

O homem tuga gosta de mamas? Claro que sim...Um dos primeiros depravados tugas que ficou na história foi o Camões...Lembram-se daquela treta dos mares nunca antes navegados? Pois, a versão original era mais "por montes e vales nunca antes apreciados" mas a editora lixou-o...E assim, em vez de se tornar um escritor de literatura erótica (se já existisse a Maria, seria sem dúvida a escolha para conselheiro sexual...) acabou por ser um dos nossos maiores poetas...Que grande barraca! E ainda por cima há quem diga que ficou zarolho porque foi apanhado desprevenido por uma 42B...Pobre coitado...

As mamas têm sido alvo de intensos estudos ao longo dos séculos da nossa história, o que tem levado também ao desvirtuar de momentos históricos do nosso Portugal...Por exemplo, a Padeira de Aljubarrota não aviou (hum, esta expressão também tem muito que se lhe diga...Interessante...) 7 castelhanos porque os encontrou num forno...Deu-lhes cabo do focinho porque estavam a mirar o decote da senhora e como toda a gente sabe, nunca se deve mirar o decote de uma mulher quando elas têm determinados objectos na mão, tais como uma pá, berbequins, picadores de gelo ou um conjunto de facas Ginsu...Outro caso da nossa história remete-nos para o D. Sebastião (mais conhecido por Sebastião, tira daí a mão...)...Reza a história que o Sebastião desapareceu no nevoeiro na batalha de Alcácer-Quibir...Nada mais errado, meus amigos...O gajo fugiu foi da padeira, senão levava ele também com a pá nos cornos para não andar a mirar o que não devia (e com um bocado de azar, até o cavalo apanhava por tabela...)...

Passados quase 500 anos, o que é que o homem português evoluiu no que diz respeito a mamas?

Basicamente nada...Continua a mirar fixamente as glândulas mamárias que por aí pululam aos saltos alegremente...Colocaram-me uma questão recentemente que achei pertinente (obviamente que foi um homem...Duh...)...Mamas grandes são sinónimo de maior inteligência feminina? A resposta, meus caros, é não...Tornam é os homens proporcionalmente mais idiotas do que aquilo que já são por natureza, o que leva o QI para níveis assustadoramente baixos, tipo o asfalto das nossas estradas (crateras incluídas...)...